09 outubro 2013

Jovem missionária, quero dizer, jovem SERVA!

Apesar dela ser aqui da minha cidade, conheci a Hanna através da internet, confesso que fiquei encantada e feliz com a vida dela, uma jovem que ama o Senhor e se dedica as coisas do pai, ao ponto de renunciar suas vontades, um exemplo para a juventude! Pedi para ela escrever para a gente, o seu testemunho, como tudo começou... e ela prontamente aceitou o convite, obrigada Hanna e que Deus continue te usando para muitas vidas, inclusive a minha! 


Um pouco da minha história.
(Hanna Bulhões)

Começar a falar sobre mim é meio complicado, a história é longa, mas falarei um pouco sobre ela e oro pra que cada palavra não seja de mim, mas de Deus, o responsável e autor de tudo que vivi até aqui.
Tenho 22 anos, nascida em Natal-RN, região nordeste do Brasil. Nasci em um lar evangélico, filha de pastor e sempre fui daquelas crentes que nem um culto se quer faltava, mas tinha um detalhe, na verdade o detalhe principal, não tinha uma genuína conversão. Como sempre costumo falar, filho de crente não é crentinho e apesar de ter uma família na igreja, eu não conhecia verdadeiramente ao Deus o qual “servia”.
Uma menina normal como qualquer uma, mas cheia de complexos e feridas na alma. Eu sempre me achava a ruim, a feia, a pobre, a excluída, enfim, tudo de ruim que vocês possam imaginar é o que eu achava que era.  Isso tudo porque não tinha em mim a real identidade de Cristo, por isso o diabo achava em mim espaço para colocar identidades que não eram minhas.
Aos 14 anos, comecei  a sentir um grande vazio dentro de mim, parecia que ir a igreja e ouvir lindos hinos na minha casa, não era o suficiente para eu ser feliz e completa. Tentei preencher esse vazio com muitas coisas, graças a Deus nunca fui ao mundo e nunca experimentei nada de lá, mas não precisa disso para se sentir só e infeliz. Todas as noites ao deitar, não tinha como não chorar e me sentir sempre triste e solitária. Até que um dia, o Senhor me encontrou. Deus é lindo, porque sempre é Ele que vem nos encontrar, sempre é Ele que vem com aquela voz doce e suave dentro de você dizendo que Ele quer nos amar e nos curar de todas as mazelas. Como todo mundo que ouve essa linda voz, comigo não foi diferente e não pude resistir... Comecei a buscar a Deus. Lembro que em muitas vezes ficava sozinha no meu quarto e sentia tanto amor sobre a minha vida ao ponto de nem conseguir me levantar, de tanto que eu chorava. Percebi de verdade que Deus me amava... E mais que perceber, eu podia sentir isso e foi assim que Ele me fisgou de vez.
Na igreja, eu era bem ativa, tinha várias funções, mas nenhuma delas me deixavam satisfeitas. Em meu coração eu não queria aparecer ou ser apresentada como “isso ou aquilo” da igreja, mas a vontade que me dava era de ir embora e de ser mais útil para o reino de Deus, ainda que ninguém me visse e nem soubesse do que eu estava fazendo. Lembro-me bem quando uma missionária de uma tribo indígena no norte do Brasil foi pregar e contar seu testemunho em minha igreja, do início ao fim eu chorava compulsivamente. Em meu coração vinha aquele desejo de ir e fazer algo a mais para Deus, mas ao mesmo tempo vinham em minha mente todas as limitações possíveis e isso me fazia chorar mais ainda, pois me achava muito incapaz e achava que Deus nunca iria olhar pra mim.
Aos 19 anos ouvi em meu coração a voz do Senhor, quando Ele me falou: “Filha, eu não uso os capacitados, mas eu capacito a quem eu quero e assim eu os uso, para que a minha glória e não a sua seja vista. Eu quero te usar, apenas confie em meu agir!” A partir daí decidi confiar no que Deus iria fazer em minha vida.
Como todos os jovens, eu tinha uma vida normal. Estudava, fazia um curso técnico, trabalhava e tudo mais... Só que começou a acontecer algo muito estranho. Todas as vezes que eu saía de casa para fazer minhas atividades, vinha aquela enorme tristeza dentro de mim. Lembro como se fosse hoje, das vezes em que fui chorando no ônibus e perguntando a Deus o porque de tanta tristeza. Eu via tantos jovens fazendo as mesmas coisas que eu e eles estavam tão felizes! Por que eu não estava também? Foi quando Deus me falou que Ele queria mudar a minha vida e pediu para que eu não a conduzisse mais, mas que eu deixasse Ele fazer o que realmente queria em mim.
Na escola, sempre tentei fazer o que podia em favor do reino. Montei um grupo de evangelismo e sempre que dava saía distribuindo folhetos aos colegas. Nesses trabalhos, conseguimos ganhar muitas almas para Jesus, onde algumas delas até hoje prosseguem firmes com Deus em sua caminhada. Glória a Deus por isso!
É... me lembro muito bem quando eu ia pra sala da minha casa quando todos já estavam dormindo e eu perguntava a Deus o porque de tanta tristeza e o porque de eu não estar feliz com a minha vida. Foi quando Deus me falou que queria me levar pra longe da minha casa e me preparar para uma obra que Ele tinha na minha vida. Na hora, fiquei em choque, porque sempre fui muito apegada à minha família e nuca tinha saído pra nada de casa. Quando pequena, eu chorava na escola com saudade dos meus pais que a noitinha já ia vê-los, imagina eu sair de casa? Nunca! Mas, Deus insistiu com sua doce voz e continuava a me dizer que meu tempo em casa já estava findando.
Fui procurar no Google algum seminário ao qual eu pudesse estudar teologia e ao mesmo tempo me preparar para exercer algo a mais no reino de Deus. Apareceu pra mim um lugar que eu nunca tinha ouvido falar antes e que muito menos sabia que existia. Foi olhando para aquela página da internet que Deus falou: “É pra esse lugar que eu vou te levar!” Na hora eu falei: “Mas Deus, não dá! Deve ser muito caro e eu não tenho mínimas condições de ir!” Fui fazer prova com Deus e abri a bíblia aleatoriamente sem saber onde abriria (quase nunca isso dá certo..rsrs..Mas nesse dia sabia que era Deus falando comigo), e caiu em Provérbios 16.3, que diz: “Confia ao Senhor as tuas obras, e teus pensamentos serão estabelecidos”. Em meu coração já havia um grande desejo de ir pra algum lugar para aprender mais com Deus, então eu soube naquela hora que realmente o Senhor estava preparando algo para a minha vida que eu mesma nem imaginava o que era.
Fiz minha inscrição, mandei todos os formulários e falando de uma forma bem resumida, bem resumida mesmo, eu passei na primeira etapa de pré-requisitos para estudar naquele seminário, agora eu teria que ir para Belo Horizonte e lá fazer a segunda fase. Eu não tinha nada, não tinha dinheiro, não tinha mantenedores, não tinha nem mala pra ir e pra piorar, meu pai não estava querendo deixar eu ir, porque ele disse que era muita responsabilidade ele deixar a filha dele sair de casa sem nem saber direito pra onde ia. Fiquei apreensiva quando meu pai disse que não ia deixar eu ir, mas fui orar. Falei pra Deus que não sairia de casa sem a benção dos meus pais e se Ele quisesse que eu fosse, que Ele falasse ao coração deles. Uma semana antes da minha entrevista, meu pai me levou a uma agência de viagem e ele mesmo comprou minha passagem SÓ DE IDA para o CTMDT (Centro de Treinamento Ministerial Diante do trono). Como isso aconteceu? Não sei, só sei que Deus me deu tudo o que eu precisava e muito mais! Ganhei malas, ganhei roupas, ganhei ofertas e assim fui, em busca da realização dos sonhos de Deus pra mim. Saí do cursinho, saí dos cargos da igreja, acabei um namoro, deixei minha família e amigos e fui embora, porque sabia, que os sonhos de Deus eram maiores que os meus, ainda que eu não estivesse vendo nada!!
Vivi milagres naquele lugar! Passei na segunda fase do processo e comecei a estudar alí. Muitas vezes não tinha dinheiro nem pra comer, mas posso dizer que Deus nunca deixou faltar nada pra mim! NADA! Eu vivi pela fé e Deus me honrou por causa disso, pois até um prato de cuscuz que eu desejava comer, ele mandou na porta do meu quarto, só pra me fazer feliz. Conheci de andar e não apenas de ouvir falar, um Deus que cuida do filho ao qual Ele ama, surpreendendo com detalhes e muitos mimos. (O testemunho do que vivi no seminário, posso contar em outra hora, é muito grande!! Rsrs..)
Passei dois anos no CTMDT e esse ano de 2013 vim fazer a parte prática no Nepal. Antes eu queria ir pra outro país, mas foi aqui que o Senhor quis que eu estivesse. Da mesma forma quando fui para o seminário, para vir para o Nepal, eu também não tinha dinheiro e nadaaa mais e são muuuuuitos gastos, mas Deus me mostrou mais uma vez que o Deus a quem chama, sempre mandará a provisão para fazermos aquilo que Ele quer, precisamos apenas confiar nEle! Vivi muitas experiências aqui no Nepal. Aprendi a depender mais ainda de Deus e a viver mais para o outro do que para mim mesma. Aprendi que preciso sair do meu mundo confortável e com lanches super gostosos, para ir para um vilarejo lá em cima da montanha, após andar 4 horas sem parar, para comer uma comida que nem sei o que é, para olhar para uma criança que nunca viu uma escova de dentes e abraça-la, fazendo-a sentir especial e amada, ainda que ela não entenda meu idioma.
Aqui no Nepal, aprendi que não precisamos de grandes palcos e de grandes templos, para cumprir o “IDE” que Deus deixou para nós. O que precisamos é apenas ter um coração disposto a amar e uma mão disposta a ser estendida.
Muitos me chamam de missionária, no início até foi legal ser chamada assim, mas cheguei à conclusão, de que sou apenas serva e nada mais... Não quero títulos e não quero aplausos por ter vindo até aqui, só quero poder influenciar minha geração a fazer muito mais do que eu fiz, pois o que eu fiz simplesmente não foi NADA, foi apenas obedecer a voz do Mestre...
Jovens, busquem à Deus e busquem a vontade dEle para suas vidas. Ainda que você precise abrir mão daquilo que você tanto ama, posso te dizer uma coisa, Deus abriu mão do único filho dEle pra morrer numa cruz e isso foi por mim e por você, tá na hora de também fazermos algo por Ele e o que Ele quer é que propaguemos o evangelho aonde quer que possamos pisar os nossos pés. Não estou falando pra você viver o que eu vivi, ou vir para o Nepal, ou qualquer outro lugar, mas tô falando pra você abrir seu coração para ouvir o que Deus quer da sua vida. As vezes, a obra dEle pra você é na sua faculdade ou dentro de sua própria casa, apenas saia da sua zona de conforto e viva os sonhos de Deus, viva o IDE de Deus. Tem um preço que precisa ser pago. São muitas lágrimas e muitas renúncias, mas posso dizer que todas valem a pena quando você percebe que está no centro da vontade do PAI. Ele quer tocar outras vidas e Ele precisa de você para fazer isso. Você está disposto? Ele te espera! Diga sim! Não se preocupe com o futuro ou com o que há de vir, apenas cuide das coisas do Mestre e Ele com certeza, cuidará de todas as suas coisas.




8 comentários:

  1. lindo testemunho. nos dias de hoje é difícil acha pessoas para fazer a obra de DEUS.

    ResponderExcluir
  2. Deus continue e te usando e abençoando sua vida! Deus é bom demais!

    ResponderExcluir
  3. ''...o Deus a quem chama, sempre mandará a provisão para fazermos aquilo que Ele quer, precisamos apenas confiar nEle! '' Lindo, muito lindo seu testemunho, que Deus continue te usando para alcançar vidas!!!

    ResponderExcluir
  4. Que lindo testemunho, é bom demais quando finalmente descobrimos qual o plano de Deus para nossas vidas. Que o Senhor continue fortalecendo essa guerreira!

    Beijinhos!

    Pri Oliveira
    www.blogmeninasdosolhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Daora o seu testemunho!! Que Deus te guarde e te abençoe muito!! que Deus continue te usando muito!! Muito bom o seu testemunho!! que Deus te guarde e te ilumine!!

    ResponderExcluir
  6. Tenho me alegrado nesses dias de poder conhecer, ainda que pela net, pessoas que servem a Deus de forma tão linda e dedicada. Louvo a Deus pela tua vida serva e pela vida da irmã Raquel estou te seguindo lá no instagram me segue de volta para trocarmos experiências. Abraços! !

    ResponderExcluir
  7. Uau, que testemunho lindo. Fiquei sem palavras. Deus sabe de todas as coisas. Basta confiarmos e aquilo que é impossível para nós e completamente possível para Ele. Deus abençoe a todos.

    ResponderExcluir
  8. Que testemunho lindo. Me identifiquei muito. Raquel vc poderia me passar o email da Hanna? Gostaria de saber alguns detalhes do Seminário que ela cursou. Desde já agradeço.

    ResponderExcluir